27 de dezembro de 2009

Bacalhauzada

É bem ao jeito do português preferir ter a mais na mesa do que correr sequer o risco de faltar! Pois cá em casa não é excepção.
Na Consoada não faltou o tradicional Bacalhau com a Couve Portuguesa e as Batatas Cozidas. Mas sobrou bastante! E se noutros tempos o bacalhau até tinha um preço acessível, hoje em dia está mais caro! Temos então que reciclar estes alimentos.
É costume fazer a chamada Roupa Velha, que não é mais do que os restantes ingredientes regados com azeite e aromatizados com dentes de alho picados. É de facto muito bom. Mas se na Consoada não abdico do prato tradicional, nos dias seguintes estou disposta a fazer concessões.

Esta receita foi adaptada daqui. A original não aproveitava as batatas e eu achei por bem aproveitar tudo!

É uma Roupa Velha mais requintada, onde se junta o um béchamel, ovos, cebola e alho francês.
É uma Roupa Velha gratinada!

E o nome bacalhauzada também achei engraçado!


800 gr bacalhau cozido em lascas
1 l leite
400 gr couve portuguesa cozida
400 gr batata cozida
margarina q. b.
1 folha de louro
4 dentes de alho
2 cebolas pequenas
1 alho francês pequeno sem a parte verde
2 ovos
75 gr farinha
pimenta branca q. b.


Ligar o forno a 200ºc.
Alourar as cebolas picadas e os dentes de alho ralados na margarina com uma folha de louro. Juntar o alho francês em rodelas e cozinhar até ficar mole.


Junta-se a farinha e vai-se regando com o leite mexendo sempre para dissolver bem. Deitei um pouco de pimenta branca.


Junta-se a couve picada grosseiramente picada e a batata em cubos.
À parte batem-se os ovos e depois envolvem-se com o preparado anterior mexendo.
Adicionei o bacalhau em lascas, envolvi tudo novamente.

Levei ao forno por cerca de 30 minutos, até que gratinou.

Nota: Além deste tabuleiro, a quantidade ainda deu para outro mais pequeno!

7 comentários:

  1. Que delicia,nos tambem fazemos roupa velha com o que sobra e aproveitamos as batatas tambem,adoro,bjs

    ResponderEliminar
  2. Ai que roupa velha tão rica. Os gratinados têm outro encanto. Acredito que muita gente prefira esse teu gratinado do que o bacalhau cozido com batatas e couve :) Os miudos pelo menos, de certeza!

    ResponderEliminar
  3. Gostei imenso deste teu aproveitamento, uma ideia fantástica e estou certa que bem deliciosa!

    Continuação de Boss Festas!!!

    ResponderEliminar
  4. Está pefeito :D e com fotos passo-a-passo melhor ainda hehe :*

    ResponderEliminar
  5. Olá! Obrigado pelo teu comentário no meu blog!! Votos de boas festas e Feliz 2010!!
    Ui e que belo petisco nos mostras, uma roupa velha bem requintada!! :P
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Uma maravilha!
    Eu ia gostar disso de certeza!hehe
    Com o (muito) bacalhau que sobrou da consoada fiz pasteis de bacalhau! Uma maravilha!Nada se podeestragar,a está tudo demasiado caro para se estragar!

    Espero que o teu natal tenha sido!

    ResponderEliminar
  7. É isso mesmo que tu dizes, uma Roupa Velha mais fina! Mas tenho a certeza que igualmente boa e saborosa! Como se costuma dizer, do velho se faz novo! Bem, isto hoje é só ditados, estou inspirada! Voltando à paparoca... esse pirex ficou com muito bom aspecto :)

    Eu fiquei com pena por não ter feito o tradicional Bacalhau com todos, adoro e não dispenso, principalmente regado com bastante azeite é uma delícia! Mas como tivémos cá uns amigos e um deles não gosta de bacalhau assim "puro", optei por fazer outra comida! Fiz Bacalhau Espiritual, pois pedirem-me para dispensar este peixinho na totalidade é que eu não iria admitir! A verdade é que ficou muito bom e a pessoa em questão acabou por repetir! Fiquei bastante satisfeita... mas mesmo assim ainda lamento não ter comido o bacalhau como tanto gosto! Terá de ficar para outro dia :)

    Beijinhos e boa semana!!

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails